Em contagem decrescente

Preparar uma nova equipa para a culinária de alta competição não é tarefa fácil. Pedimos um balanço ao Chef Celestino Grave, capitão-adjunto da Equipa Olímpica Júnior

A treinar duas vezes por semana até Novembro, os elementos da nova Equipa Júnior preparam-se e conhecem-se melhor. Ainda que não estejam anunciados os finalistas da nova equipa, o Chef Celestino Grave garante que está para breve. “Por enquanto, aproveitamos também os eventos que temos com os nossos patrocinadores para trabalhar o grupo e conhecerem-se melhor”.

A selecção da nova equipa foi também sendo feita de forma “natural”, perante as desistências de alguns dos candidatos. Outros foram sendo eliminados nas diferentes provas feitas por Celestino Grave e António Bóia, capitão da Equipa Olímpica Júnior.

Actualmente, Celestino Grave sublinha que os elementos da equipa estão “integrados e correspondem ao que é proposto, conseguindo sempre ultrapassar todas as dificuldades”. “O resultado em quase todos os treinos é bom”, adianta.

A menos de três meses da ExpoGast, no Luxemburgo, “a mesa fria está quase pronta, apenas falta alterar alguns pormenores que podem fazer a diferença na pontuação”. O próximo passo é o menu quente, que tem vindo a ser treinado com o Chef António Bóia. “Já temos em mente aquilo que vamos fazer, basta apenas pôr o menu em prática”.

Quanto ao menu frio, que consiste na exposição de várias categorias de pratos, o trabalho está definido. “A travessa, o menu de cinco pratos, os finger food e as cinco sobremesas”. Para além destas categorias, deve ainda ser apresentada uma peça de pastelaria, para a qual a Equipa Júnior contou com uma ajuda importante do Chef António Melgão. “Foi na pastelaria dele que desenvolvemos a peça de chocolate que vamos colocar na mesa”.

A única dificuldade é quanto à disponibilidade de todos os elementos da equipa. “Temos de abdicar do nosso tempo para o treino. Começamos a treinar quase sempre às 7h da manhã, até às 16h. Depois cada um ainda tem de ir para o local de trabalho, onde fica até à meia-noite. Isso cria um desgaste muito forte nos cozinheiros”, explica Celestino Grave.

Do trabalho dos últimos meses, já há novidades. O Chef Celestino Grave dá a conhecer uma sobremesa que fará parte do menu: Mil folhas de sericaia com creme de chá verde e leite-creme de queijo de cabra.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: