Madeira homenageia Equipa Olímpica Júnior

Bolsa de Turismo de Lisboa, FIL

O Governo Regional da Madeira, por iniciativa da FN-Hotelaria, homenageou os cozinheiros júniores pelos resultados que trouxeram a competição no Luxemburgo, em Novembro de 2010. Texto e fotografias de Pedro Coelho

Três meses depois dos excelentes resultados das Equipas Olímpicas de Culinária no Luxemburgo, onde conseguiram um terceiro lugar mundial e uma medalha de ouro, o Governo Regional da Madeira, conjuntamente com a FN-Hotelaria, homenageou a Equipa Júnior durante a Bolsa de Turismo de Lisboa, na FIL.

A secretária regional do Turismo da Madeira, Conceição Estudante, elogiou a “nova apresentação gastronómica” que “a juventude e o saber para desenvolver o produto turístico nacional” concedem, referindo a combinação entre “aquilo que gostamos enquanto degustamos” – um tópico identificativo da nova cozinha nacional. A governante reiterou ainda a aposta “na formação, na qualificação e no reconhecimento da importância do trabalho das novas gerações”, que “recriam a gastronomia no mercado e no prato, dando-lhe novo aspecto e novas formas”. Esta renovação, apoiada pelo Governo Regional, fez parte da estratégia do turismo local, que depois de um ano de 2010 bastante complicado, quis “crescer com as dificuldades, mantendo a calma e agregando esforços para dar nova esperança e confiança no turismo regional”.
João Abel Freitas, da FN-Hotelaria, descreveu a gastronomia como “fundamental para todos os visitantes”, referindo a “excelência fulcral” na cozinha nacional e afirmando o Vinho Madeira como um “pilar essencial do turismo regional madeirense” e no qual as “equipas olímpicas também devem apostar”. “Nós vamos empenhar-nos para ganhar mais prémios e representar, dignamente, Portugal e regiões autónomas”, afirmou o chef António Bóia, responsável pela equipa
olímpica júnior, admitindo que nem sempre esta equipa foi “reconhecida, nem pela imprensa, nem por muitas empresas e quase todas as entidades estatais”, embora tenha a agradecer a todos os que têm patrocinado as equipas e garantindo o seu “percurso mundial”, que tem aberto “novas esperanças”.
António Bóia lamentou que esta homenagem tenha surgido apenas pelo Governo Regional, após “nenhum reconhecimento do Governo Central”, mesmo com o esforço
das equipas em “actuar com confiança e utilizando produtos nacionais, que são de excelência, e promovendo-os”. O chef lembrou ainda que está estão a decorrer os treinos para as Olimpíadas de Culinária 2012, a realizar na Alemanha, que serão mais uma prova de fogo para as jovens promessas da gastronomia portuguesa.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: