Archive for November 28th, 2014

November 28, 2014

Diário de uma Competição | Dia 8. 25 de Novembro de 2014

DIA VIII. 25 Novembro 2014

Eu e Paulo Pinto devemos assitir ao curso WACS de utilização da aplicação informatica para tablet e pc, mas antes vamos ver a nossa classificação… Medalha de bronze! Bom para a exigência cada vez maior da organização, curto para a equipa que quer mais. Sabemos que ficámos a 2.59 pontos da prata, ainda doi mais!

Almoçamos em equipa no espaço da Provençal Saimos a correr com a Kathy e vamos visitar os subterraneos da cidade do Luxemburgo, com um espectacular guia que sabe TUDO acerca das tuneis, acompanhando as suas com sons e gestos que transformam este momento cultural num momento divertido.

Enquanto a visita decorre, devemos ir escutar o feed back dos elementos do juri sobre a nossa prova. Razão em 90% das observações feitas, estamos sempre em processo de aprendizagem, temos novas ideias, o “bichinho” da próxima competição está a surgir!

Vamos ao final do dia aplaudir a medalha que o António Bóia enquanto jurí recebe. Bom trabalho António.

Saimos novamente com a Cathy desta vez para uma prova de vinhos Luxemburgueses, especialmente espumantes e brancos de alta qualidade, e em seguida para um jantar muito agradável, onde a descontração e a amizade de uma semana intensa imperam. Muito bom jantar, boa comida luxemburguesa, boa apresentação e acima de tudo um jantar que serve para descontrair do acumular de tensão existente durante os dias anteriores.

A partir de amanhã a contagem decrescente para o regresso começa. Antes disso, carregar carrinha para partir para Portugal, ir almoçar a um restaurante de um amigo português de sucesso no Luxemburgo (tem 2 restaurantes e um hotel!) e ver as mesas que vão estar dispostas, pois as ideias começam aqui.

À noite duas festas! Podem ficar tranquilas as namoradas que tomo conta deles! O meu hábito em relação a filhos, tenho 3, faz com que sinta uma responsabilidade acrescida em relação a estes “filhos por uma semana”. Prometo entregá-los inteirinhos e cheios de saudades vossas!

November 28, 2014

Diário de uma Competição | Dia 7. 24 de Novembro de 2014

DIA VII – 24 de Novembro de 2014

Cá está o 2º dia de competição. Noite bem dormida depois de uma preparação de toda a mise-en-place possivél para a competição quente. Esta competição é de extrema importancia, pois aqui o sabor tem uma pontuação de destaque, i.e, 50 pontos em 100. É aqui que teremos a nossa segunda hipótese de medalha. Carregar carrinhas, tipo peças de Lego, pois tudo o que é necessário é muita coisa, respirar fundo e aproveitar o dia de sol que parece querer ser o presságio de uma boa prova. Chegados à feira, entrada dentro do timing previsto, e aqui começa a aparecer algum stress com a indisposição forte de um dos elementos da equipa, a qual se agravou com o tempo! Plano B a funcionar e aparece outro membro da equipa a assumir o lugar do KO. A seguir e devido a este imprevisto é necessário voltar ao hotel e ir buscar fardas. O que vale é que o trânsito não é muito, que estamos à vontade de tempo e que a Elisabete e a Isabel, nossas amigas portuguesas que trabalham no nosso hotel, nos abrem as portas dos quartos uns dos outros que permite ir buscar as fardas do novo chef na cozinha quente. Entrada na nossa cozinha, a nº 1, controle de mise-en-place, prova de caldos, molhos e visionamento de tudo o que está nos frigorificos e das bancadas.

12h a prova começa! Até às 18h podem estar a produzir e preparar tudo para que a celeridade de envio de pratos seja real. O serviço é confuso e o nosso controler (pessoa da organização com responsabilidade de organizar a entrada e saída dos pratos terminados) é um “cromo” que está rosado como um fiambre de 4 kg.

Tentamos comprar menús portugueses mas sabemos que estão esgotados! Pudera o Luxemburgo tem em 500 000 habitantes 100 000 “tugas”…que orgulho de pessoas!

O serviço começa e depressa os nossos receios em termos de serviço se confirmam, com um erro da minha parte, ele não é um cromo, ele é o “baralho todo”.

Depois da prova ainda tempo para matar saudades de um McDonald’s! Sabe pela vida, ainda por cima com dois portugueses a servir-nos! Estamos em todo o lado.

%d bloggers like this: