Archive for ‘Logística’

November 19, 2014

Diário de uma Competição | Dia 2. 19 de Novembro de 2014

DIA II – 19 de Novembro de 2014

Começámos hoje por um pequeno-almoço “em família”, seguido da tarefa das compras para alguns dos elementos da comitiva.

A equipa foi para a cozinha e começou a ser executado o plano de trabalho pré-definido. O facto de conhecer o hotel e o staff é uma vantagem enorme, pois já conhecemos os cantos à casa e assim estamos só preocupados com as nossas tarefas, todas elas treinadas vezes sem conta ao longo dos últimos meses.

O almoço foi à portuguesa, no hotel, onde até o molho cervejeira serviu para “matar saudades”. E depois do almoço, a velocidade de cruzeiro começa a funcionar.

Fizemos pequenas compras, marcámos itinerários no GPS. Tudo a correr bem. Mais tarde, jantámos no hotel e continuámos as actividades do dia.

Hoje, as diferentes fases de preparação da mesa dos frios – ou seja, a exposição de vários pratos que arranca na madrugada do dia 22 – começaram a ganhar forma. O dia deverá acabar perto da meia-noite, pois por enquanto ainda é tempo de aproveitar para dormir.

equipas1 equipas2 equipas3 equipas4

Advertisements
November 19, 2014

Diário de uma Competição | Dia 1. 18 de Novembro de 2014

DIA I – 18 de Novembro de 2014

Este primeiro dia foi praticamente todo passado em viagem. Com encontro no Aeroporto Internacional de Lisboa às cinco da manhã, onde alguns fornecedores de produtos frescos tinham encontro marcado connosco, a equipa nacional teve tempo para fazer o check in quase de forma tranquila, não fosse um dos elementos da equipa ter adormecido e chegar… mesmo na partida do avião! Primeiro susto ultrapassado.

Chegados ao Luxemburgo, fomos levantar as carrinhas que utilizamos para as deslocações diárias e seguimos viagem até ao Hotel “ Roeserstuff” em Roeser, onde foi combinado o encontro com a carrinha portuguesa que trouxe todos os equipamentos e produtos. Este hotel é o mesmo onde ficámos em 2010, quando viemos participar nesta mesma competição. O hotel tem um fantástico staff, ou não fossem 75% portugueses!

Almoçámos de equipa num restaurante local, descarregámos a carrinha e arrumámos tudo nos frigoríficos e na cozinha. E a tarde está passada.

Com a chegada do Chef António Bóia, vindo de Paris, a comitiva estava completa.

Jantámos num restaurante, aproveitando para comemorar o facto de estarmos todos juntos de novo. E ainda conseguimos festejar o golo e a vitória da equipa nacional… de futebol! Bom presságio!

Dormir cedo, para recuperar algumas horas de sono e preparar os para os dias seguintes, que se esperam cheios de actividade.

November 19, 2014

Diário de uma Competição | Dia 0. 16 de Novembro de 2014

DIA 0 – 16 de Novembro 2014

Este dia zero, ainda em Portugal, foi o da tarefa mais “pesada”: colocar na carrinha todos os equipamentos, os produtos não perecíveis e algumas peças de pastelaria anteriormente feitas, para serem transportadas por terra até ao Luxemburgo. O dia serviu ainda para que os elementos da comitiva fizessem a entrega das suas malas. É que o peso de bagagem a que cada um tem direito no avião é necessário para o transporte dos produtos alimentares frescos, designadamente aqueles que não conseguimos encontrar no Luxemburgo.

Depois de algumas horas de trabalho, a carrinha ficou com a carga completa e pronta para seguir viagem.

November 19, 2014

Estamos de volta à competição. Agora no Luxemburgo.

Equipas

A equipa nacional de culinária está no Luxemburgo para a competição ExpoGast’14 – Culinary World Cup, que durante cinco dias reúne mais de 105 equipas. Há equipas nacionais, equipas júniores, equipas regionais e de de restauração colectiva). Estão representados os cinco continentes, através de cerca de mil cozinheiros e pasteleiros. O júri é composto por 55 chefes, entre os quais está o chef português António Bóia.

Portugal está representado pela equipa nacional (a equipa sénior) e estará em competição nos dias 22 de Novembro (exposição) e 24 de novembro (confecção).

A partir de hoje e até ao final dos dias de competição, publicaremos um diário da competição.

May 1, 2010

O trabalho logístico

.

Ligado às equipas olímpicas desde 1992, Carlos Madeira é o responsável logístico. “A logística é o alicerce da competição. É um trabalho completamente escondido, mas se tudo passar despercebido é sinal de que correu bem”, descreve.

A função principal é a de garantir as condições dos locais da competição, bem como a satisfação de todas as necessidades das equipas para que cada um se dedique ao seu trabalho da melhor forma.

“É uma função que começa uns meses antes das competições”, acrescenta. Para além da função principal, muitas outras estão anexadas. A ligação com os patrocinadores e a evolução do seu relacionamento são dois aspectos importantes no trabalho logístico.

Num plano mais próximo e prático, tem o papel de assegurar uma estabilidade emocional nas equipas, para o qual a experiência dos últimos 16 anos se revela essencial.

%d bloggers like this: